O Plenário do Senado aprovou hoje o Estatuto do Desarmamento – o substitutivo do senador César Borges (PFL-BA) a 78 projetos que buscam restringir a posse, o porte e a comercialização de armas de fogo no país. A matéria terá que ser votada ainda na Câmara dos Deputados. César Borges informou que manteve, com alterações mínimas, o texto comum aprovado na Comissão Especial Mista que examinou os projetos em tramitação sobre o assunto. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)