A Polícia Militar estourou duas centrais telefônicas clandestinasnesta quianta-feira (31): uma em Guarulhos e outra em Rio Claro. Em Guarulhos, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo, foram encontrados um aparelho telefônico com HT, dois rádios comunicadores, uma caderneta de anotações com diversos telefones e panfletos que estariam sendo distribuídos em nome da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

Ainda segundo a SSP, na frente da casa havia um local para desmanche onde foram encontrados dois veículos roubados. Um dos carros é federal e tem a placa "Brasil". O homem que controlava os equipamentos conseguiu fugir.

Em Rio Claro, a aparelhagem da central telefônica estava numa casa e era operada por uma mulher de 28 anos. Segundo a polícia, ela confessou que fazia transferência de ligações de presos de cidades como Sorocaba, Americana, Itirapina e Casa Branca.