A bancada de deputados federais do PMDB se reúne nesta quarta-feira (06) para decidir se lança ou não um candidato a presidente da Câmara para disputar com o líder do governo na Casa, deputado Arlindo Chinaglia (SP), escolhido ontem pela bancada petista para concorrer ao cargo. Já há consenso entre os peemedebistas de que é direito da bancada, na condição de maior partido da Casa – com 89 deputados -, lançar candidato próprio.

O presidente nacional do PMDB, deputado Michel Temer (SP), explicou que, hoje, os deputados manifestarão apenas o desejo de participar da disputa. A definição de um nome deve ficar para a próxima semana, quando os 32 deputados eleitos pelo PMDB neste ano também serão convidados para uma reunião. No encontro de hoje, o vice-líder da bancada, deputado Henrique Eduardo Alves (RN), vai defender o lançamento de um candidato próprio já na próxima semana. Até o momento, há apenas dois pré-candidatos: o deputado baiano Geddel Vieira Lima e o cearense Eunício Oliveira.