A droga foi destruída na sede
da empresa Cal Riograndence,
em Almirante Tamandaré

A Polícia Federal incinerou hoje pela manhã uma grande quantidade de drogas – 1 tonelada e 33 quilos de maconha, 89 quilos de cocaína e 1,5 quilo de crack. O material foi destruído na sede da empresa Cal Riograndence, em Almirante Tamandaré, Região Metropolitana de Curitiba. A droga é fruto de 44 apreensões feitas pela polícia, que resultaram na prisão de 85 traficantes.
Apesar do volume destruído ser expressivo, mais de cinco toneladas de droga ainda estão estocadas esperando autorização para ser incinerada. Esse tipo de trabalho é regulamentado pela Lei 6368/76, do Ministério da Saúde. Segundo explica o agente da Polícia Federal, Artur Rodrigues de Almeida, a droga só pode ser destruída depois que o processo envolvendo a apreensão for transitado e julgado.