A Polícia Federal deve ouvir, na próxima terça-feira (27), o depoimento do presidente da Gtech no Brasil, Fernando Antônio de Castro Cardoso. Ele declarou que Rogério Buratti, ex-assessor do ministro Antonio Palocci na prefeitura de Ribeirão Preto (SP), intermediou o contrato da Gtech com a Caixa Econômica Federal para a administração de loterias.

Na quarta-feira (28), o ex-diretor comercial da Caixa José Lindoso Albuquerque Filho também será ouvido pela Polícia Federal. Os dois depoimentos serão feitos na presença de assessores da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Bingos.