A mãe do jogador Luís Fabiano, do Porto, de Portugal, Sandra Helena Clemente, foi libertada na tarde desta quinta-feira em Mairinque, a 65 quilometros de São Paulo, depois de ficar 62 dias sequestrada. Ela foi encontrada debilitada, numa chácara, mas passa bem.

Segundo o delegado do Grupo Anti-Sequestro (GAS) de Sorocaba, Wilson Negrão, eles receberam uma informação de que havia uma pessoa pedindo socorro dentro de uma casa de uma área rural. A polícia, com o apoio da DIG de Sorocaba, montou um esquema para entrar no local.

O único homem que cuidava do cativeiro fugiu. Segundo o delegado, ele deve ter percebido a movimentação policial e deixou o cativeiro antes da invasão.

A mãe do jogador foi sequestrada no dia 11 de março, em frente à casa da madrasta, na periferia de Campinas. O jogador já foi avisado do encontro da mãe, mas vai continuar em Portugal.

Até o início da noite desta quinta-feira, a mãe de Luís Fabiano continua em Sorocaba, passando por exames médicos.