O Serviço de Inteligência da Polícia Militar descobriu que estelionatários estão tentando extorquir dinheiro de pessoas com ameaças telefônicas de seqüestro. Os policiais já identificaram o modo de agir do grupo. ?Queremos pedir a quem for procurado pelos bandidos que procure as autoridades antes de tomar qualquer providência. A Polícia Militar pode ser chamada pelo telefone 190?, disse o comandante do Policiamento da Capital, coronel Sílvio Santos de Moraes Sarmento. ?Não estamos medindo esforços para chegar até esses golpistas?, completou.

O último caso registrado foi de um empresário de Curitiba. Ele recebeu um telefonema de pessoas que diziam ser do Rio de Janeiro, pedindo certa quantia em dinheiro a ser depositada na conta de uma agência bancária carioca. Eles disseram ser integrantes de um grupo voltado ao crime organizado e que queriam ?negociar?. O suposto líder do grupo ficou horas ao telefone com a vítima, até que o dinheiro fosse depositado. ?É importante que a polícia seja comunicada, porque serão dadas orientações sobre como proceder em casos como este, para que o trabalho policial possa surtir efeitos com maior rapidez?, disse Sarmento.

A Polícia Militar pede que as possíveis vítimas mantenham a calma e entrem em contato com o telefone 190 informando sobre o golpe. A partir disso, se a ameaça for quanto ao seqüestro de familiares, que procurem entrar em contato com a possível vítima. De acordo com a PM, a pessoa não deve simplesmente atender às exigências dos golpistas, pois já ocorreram situações em que tudo não passava de um trote. Nesses casos, o dinheiro chegou a ser depositado e, depois, constatou-se que o suposto seqüestrado não havia sido levado por bandidos. Outro número que a população pode usar é o 0800 643 7090.