Recife – Sete pessoas ligadas ao Primeiro Comando da Capital (PCC), facção criminosa de São Paulo, foram presas na região metropolitana do Recife. Elas estavam com material inflamável e provavelmente iriam atear fogo a ônibus, como vem acontecendo em outras cidades.

A informação foi dada pelo chefe da Polícia Civil, Djalma Raposo, com base em dados obtidos pelo serviço de inteligência da corporação. O secretário estadual de Defesa Social, Rodney Miranda, convocou uma entrevista coletiva às 16 horas, para informar sobre as medidas que serão adotada para evitar atos de vandalismo nas ruas e rebeliões no sistema penitenciário de Pernambuco.