Policiais da delegacia de Quatro Barras, Região Metropolitana de Curitiba, prenderam Vagner de Andrade da Silva, 23 anos, e um adolescente, de 17, acusados de matar o tratador de cavalos Luiz Osvaldo Becerra, 51 anos, também conhecido por ?Chileno?. A dupla foi localizada, na quinta-feira (04), na Colônia Maria José, mesmo bairro onde ocorreu o crime.

Logo depois do crime, na madrugada de 23 de dezembro, a delegacia começou a investigar suspeitos com auxílio da Polícia Militar e da Delegacia de Furtos e Roubos, de Curitiba. Segundo a delegada-titular de Quatro Barras, Margareth Alferes de Oliveira Motta, foi uma investigação muito difícil porque não havia muita informação. ?Conseguimos descobrir os autores por meio de denúncia anônima?, contou.

De acordo com a delegada, os dois foram encontrados em suas casas. ?Os dois moravam no mesmo terreno?, explicou a delegada. A polícia informou que eles haviam roubado dois cavalos, uma TV e um revólver calibre 22. Os cavalos foram encontrados no bairro Alto Maracanã, em Colombo, e foram devolvidos para a família da vítima.

Margareth ainda informou que a trabalha para identificar mais uma pessoa que poderia ter participado do crime. ?Vamos continuar investigando para saber tudo o que aconteceu e punir os autores?, declarou.

Naquela madrugada, a casa do tratador de cavalos foi invadida por homens que roubaram dois cavalos, uma TV e um revólver calibre 22. Durante o assalto, Becerra foi amarrado e, de acordo com a polícia, foi morto com um tiro na cabeça.