O crescimento do tucano Marconi Perillo no segundo turno da disputa pelo governo de Goiás está intensificando a participação do senador recém-eleito por Minas Gerais Aécio Neves (PSDB-MG). Ele estará amanhã em Goiânia, onde participará de caminhada no centro e irá inaugurar um comitê conjunto do candidato ao governo e do presidenciável José Serra (PSDB), no setor oeste.

Os tucanos entendem que o bom desempenho de Perillo no Estado vai refletir, de maneira positiva, na campanha de Serra. A tendência, segundo eles, está sendo confirmada por duas pesquisas internas do PSDB de Goiás. Uma indica crescimento consistente de 5%. Outra, mais expressiva, de 12%.

As visitas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Goiás também estão sendo vistas como um reflexo do crescimento nas pesquisas de intenção de voto. Ontem, Lula esteve pela manhã em Catalão, no interior do Estado, onde inaugurou usinas hidrelétricas. À noite, participou de comício em Goiânia.

E ao pedir votos para a presidenciável Dilma Roussef (PT) e para o candidato a governador Íris Rezende (PMDB), Lula criticou Serra e Perillo. Logo depois, de acordo com os tucanos, Aécio Neves viaja a Goiânia para dar o troco. Um sinal de que petistas e tucanos travam uma dura batalha pelos votos de Goiás.