No aniversário de dez anos da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o senador Álvaro Dias se referiu à legislação como uma “herança bendita” do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. “Antes da LRF os gastos excessivos e sem planejamento, passados de um governo para o seguinte, eram uma regra no Brasil”, comparou.