Em entrevista concedida à rádio Band News nesta segunda-feira (1º), o senador Alvaro Dias declarou não acreditar que o PSDB permita a sua candidatura ao governo do Paraná. Diante da situação, Dias afirmou que provavelmente irá apoiar a candidatura do irmão ao governo, o senador Osmar Dias (PDT).

O senador voltou a criticar o partido, ao qual acusou de antiético ao ter desrespeitado o programa partidário. Dias afirmou, também, que não pretende votar em Beto Richa (PSDB) na convenção partidária, em junho.

Em nota divulgada em seu blog no último dia 22, data da pré-convenção do partido que indicou Richa como pré-candidato, o senador disse que não participaria da reunião de ontem por considerá-la sem valor. Na nota, ele havia dito que “a reunião afronta a legislação ao desrespeitar o calendário eleitoral estabelecido”. Neste momento, ele ainda pretendia manter sua pré-candidatura.

Descontente com as decisões do PSDB, o senador inclusive cogitou a hipótese de mudar de partido.

Mais informações na edição desta terça-feira do jornal O Estado do Paraná.