O presidenciável João Amoêdo (Novo) quer alcançar 6% na próxima pesquisa do DataFolha para conseguir uma ‘façanha’: participar do Debate na Globo, que ocorre dia 4 de outubro – três dias antes das eleições.

Na tarde desta terça-feira (25), a Globo divulgou os critérios de participação para o debate. Todos os candidatos com mais de 6% dos votos no próximo levantamento do DataFolha – que será realizado entre quinta e sexta-feira – serão convidados a participar do encontro entre presidenciáveis.

+ Leia mais: Qual carro seu candidato à presidência dirige? Lista tem antigos, populares e caros!

Para chegar à meta, o presidenciável do Novo escreveu no Facebook: “Quase 50% dos eleitores ainda não me conhecem e ainda tem muita gente indecisa. Se você quer me ver nos debates, declare a sua intenção de voto em mim”.

Pela Legislação Eleitoral, as emissoras são obrigadas a convidar candidatos de partidos com pelo menos cinco parlamentares no Congresso Nacional. Elas ficam livres para convidar outros candidatos conforme seus próprios critérios.

Candidato precisa dobrar intenções de voto

Pelo novo critério do Debate na Globo, Amoêdo precisaria saltar três pontos além dos 3% obtidos na última pesquisa do instituto*.

+ Leia mais: Cabo Daciolo diz que as árvores vão votar nele, que ‘viajou para o futuro’ e que vence no 1º turno

No Twitter, Amoêdo divulgou que quer realizar um ‘tuitaço’ entre seus seguidores para alcançar o objetivo a partir da difusão da hashtag #JoãoCom6% nas redes sociais.

* Metodologia: Pesquisa realizada pelo Datafolha de 18/set a 19/set/2018 com 8.596 entrevistados (Brasil). Contratada por: REDE GLOBO E FOLHA DE S. PAULO. Registro no TSE: BR-06919/2018. Margem de erro: 2 pontos percentuais. Confiança: 95%.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Bolsonaro continua na liderança, mas Haddad sobe pra 21% em nova pesquisa