A 2.ª Vara da Fazenda Pública anulou a compra pelo IPMC (Instituto de Previdência e Assistência aos Servidores Municipais de Curitiba) do Edifício Delta Corporation Building. A 2.ª Vara julgou o mérito do mandado de segurança impetrado no ano passado pelo Sindicato do Magistério Municipal de Curitiba (Sismmac) que denunciou a dispensa de licitação na aquisição do prédio, localizado no bairro Juvevê, em Curitiba.

O IPMC alugou o imóvel à prefeitura de Curitiba. Atualmente, várias secretarias da prefeitura estão instaladas no local. Entre elas, as secretarias de Urbanismo e Meio Ambiente. À época, a direção do IPMC alegou que não fez a licitação porque se tratava do único prédio da cidade que possuia a infraestrutura adequada para abrigar os setores da administração pública municipal. O IPMC também argumentou que a compra era um investimento para os servidores.

A operação foi denunciada ao Ministério Público Estadual pelo deputado estadual Tadeu Veneri (PT) em 2002, quando era vereador em Curitiba. O MP havia emitido parecer favorável ao cancelamento do negócio.