Desde 29 de março, quando o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) iniciou o recadastramento biométrico em Curitiba, apenas pouco mais de 260 mil dos mais de 1,3 milhão de eleitores da capital compareceram ao órgão para fazê-lo. Isso corresponde a somente 20% do eleitorado curitibano, uma porcentagem preocupante se levado em consideração o prazo estipulado para a realização do cadastro.

Como os eleitores têm até o dia 20 de janeiro de 2012 para se apresentar no órgão, foi estabelecido um total de pouco menos de 300 dias para o recadastramento. Portanto, os cem dias decorridos até o momento representam um terço do período estipulado e, desta forma, a porcentagem deveria ser proporcional.

Apesar disso, de acordo com a assessoria de imprensa do TRE-PR, o órgão está otimista em relação ao cumprimento da meta estabelecida. Isso porque o número de eleitores que se apresentam para o recadastramento biométrico tem aumentado a cada mês. Em abril, quando o trabalho foi iniciado, foram atendidos 53.675 eleitores. No segundo mês, compareceram 83.884 e, em junho, 99.250. Ainda de acordo com a assessoria, a expectativa é de que o número suba para 120 mil em julho.

Uma das estratégias para atingir a meta até o prazo estabelecido é a realização de plantões nos fins de semana, como acontecerá no próximo sábado, quando a Central de Atendimento do TRE-PR estará aberta das 9 às 18 horas para atender os eleitores. Para agilizar o procedimento, a orientação do órgão é que o horário para atendimento seja agendado pela internet, no site www.tre-pr.jus.br.