O candidato à reeleição em Curitiba, Beto Richa (PSDB), da Coligação Curitiba – O Trabalho Continua, registrou ontem em cartório as suas propostas de campanha. Entre elas, promete abrir cerca de 9 mil vagas em creches, garantir moradia e obras de infra-estrutura para 40 mil famílias, além de ampliar de quatro para cinco horas a carga horária nas escolas.

Beto Richa, o candidato a vice-prefeito, Luciano Ducci e a primeira-dama Fernanda Richa registraram o Plano de Governo 2009-2012, no 4.º Ofício de Registro de Títulos e Documentos com o número 469.700.

“O registro em cartório torna este documento público a todos os curitibanos. Com ele, mais uma vez, prestamos contas do trabalho realizado e assumimos novos compromissos para um próximo período de avanços, mediante a renovação da confiança da população nesta gestão”, afirmou o candidato.

O plano de governo tem como título “4 anos 5 metas: Gente em primeiro lugar”. Beto apresenta de modo detalhado suas propostas e na área da saúde, entre outras coisas, promete construir o Hospital do Idoso, o Hospital da Mulher e o Centro Especializado do Homem Curitibano, além de criar uma central de saúde para marcar consultas por telefone.

O esporte vai ganhar destaque. Beto afirma que vai construir nove centros esportivos com piscinas aquecidas, um em cada regional da cidade. Na área da alimentação vai abrir mais quatro Armazéns da Família e outros quatro restaurantes populares com almoço a R$ 1.

Na área da segurança, vai aumentar o efetivo de guardas municipais e instalar câmeras nos bairros, além de implantar módulos. Terminará a segunda etapa da Linha Verde, além de construir 400 quilômetros em asfalto e calçadas por onde passa o transporte coletivo.

Outra proposta é trabalhar pela implantação da primeira linha do metrô que vai ligar o Pinheiro ao Santa Cândida. Além disto, também há propostas específicas para pessoas com deficiência, mulheres, crianças, jovens e idosos.

No documento, Beto também apresenta um balanço da sua atual administração. Afirma que até o fim do ano 90% das metas propostas quando concorreu pela primeira vez à prefeitura estarão cumpridas.

Diz que algumas idéias não foram colocadas em prática porque as fontes iniciais de financiamento não se realizaram como o previsto, ou porque a população elegeu outras prioridades. Hoje é a vez de Fábio Camargo (PTB) apresentar seu plano de governo. Será às 19h30 no Centro Universitário Curitiba (UniCuritiba).