Eram por volta de 14 horas desta sexta-feira (6) quando Beto Richa (PSDB) deixou o Palácio Iguaçu como ex-governador do Paraná. Agora como cidadão comum, saiu dirigindo o próprio carro ao lado da esposa, Fernanda Richa. Chorou muito ao ser cumprimentado por alguns assessores e pelos policiais que faziam a segurança dele. Questionado sobre o que vai fazer na segunda-feira (9), disse que pretende buscar os três netos na escola.

Leia mais: Pra concorrer ao Senado, Beto Richa renuncia e dá adeus ao poder após 23 anos ininterruptos

Leia abaixo as últimas declarações de Richa à imprensa, logo após transmitir o cargo à agora governadora Cida Borghetti (PP):

Sentimento ao deixar o governo

“Deixo um estado modernizado, organizado, com avanços muito expressivos em todas as áreas, dando exemplo ao Brasil. Recebi o governo com R$ 4,5 bilhões de dívidas e deixo com R$ 7 bilhões em caixa e obras por todo o estado. Então saio leve, muito tranquilo, satisfeito e realizado.”

O que faltou fazer

“Sempre falta alguma coisa, nunca vamos ter um estado pronto e acabado. Fiz o que foi possível até agora. Mas tenho convicção que a Cida tem toda a capacidade necessária para preservar as conquistas que conseguimos a duras penas, como o ajuste fiscal, e fazer muita coisa que ainda precisa ser feita, aperfeiçoar algumas ações nossas que deixaram a desejar. Se eu não confiasse na capacidade da Cida de tocar o Paraná, não teria saído do governo.”

Vida de cidadão comum

“O ritmo diminui sensivelmente, dá até um certo vazio. Mas eu vou cumprir alguns desejos meus que eu não conseguia realizar como governador. Na segunda-feira, tinham me arrumado um compromisso, mas vou protelar para terça-feira (10). Meu primeiro desejo é buscar meus netinhos na escola e ter um convívio maior com a minha família.”

Leia mais: Saiba quem são os secretários de governo de Cida Borghetti já confirmados

Emoção de sair

“Não me emocionei com o fato de deixar o governo, mas com os depoimentos que eu recebi aqui de pessoas de diversos municípios, de pessoas humildes, agradecendo o que fizemos no governo. Saio na certeza de ter cumprido a minha missão, com a consciência absolutamente tranquila.”

Cida x Ratinho

“Tudo no seu devido momento. Hoje é um momento administrativo, de desincompatibilização por força da lei. Agora, com mais serenidade e mais tempo para pensar, vou ouvir as pessoas e tomar uma decisão. Tudo é possível, não vamos fazer nenhuma aposta antecipada [sobre um possível acerto entre a Cida e o Ratinho].”

Prisão de Lula

“Não vou dizer que fico feliz ou satisfeito com a prisão de um ex-presidente, mas hoje se prova que a impunidade acabou e que todos são alcançados pela lei − do mais humilde cidadão até o presidente da República. O Brasil tem sido passado a limpo e é outro hoje.”

Richa perde ‘foro privilegiado’ após renunciar do governo do estado