Vaiado por aliados do prefeito de São Gonçalo, Neilton Mulin, do PR, aliado do ex-governador Anthony Garotinho, o governador Sérgio Cabral, que participa, ao lado da presidente Dilma Rousseff, de solenidade para anúncio de recursos para a linha 3 do Metrô fluminense, pediu “educação” à plateia e acabou aplaudido quando chamou o prefeito para trocarem um aperto de mão.

“Neilton, treina a sua turma para ser mais educada”, disse Cabral. O governador citou uma série de investimentos do Estado e da União em São Gonçalo para diminuir a hostilidade de parte das pessoas presentes. No fim do discurso de Cabral, um pequeno grupo gritou “União, união, Dilma, Cabral e Pezão”. O vice do governo do Rio de Janeiro é o provável candidato do PMDB à sucessão de Cabral.