O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), defendeu a responsabilidade fiscal, a reforma tributária e a diminuição da burocracia no Brasil em evento realizado na manhã desta quinta-feira, 07, com cerca de 200 empresários e investidores na capital britânica. Em um seminário para apresentar oportunidades de negócio em seu Estado, Campos defendeu que políticos façam um “grande esforço de governança”.

Após apresentar Pernambuco à plateia composta por ingleses e brasileiros, Eduardo Campos afirmou que um dos diferenciais que mais atraíram investimento ao Estado foi a governança. “Temos governança com planejamento e modelo focado nos resultados”, disse, ao defender que esse tipo de administração fez com que os investimentos em Pernambuco atingissem patamar quatro vezes superior à média histórica.

Ao ser questionado por um dos presentes sobre a situação atual do País, Campos disse que é “preciso um grande esforço de governança” para que o poder público possa atender as demandas da sociedade, que mudaram recentemente. “Isso obriga os gestores a buscarem o equilíbrio fiscal e também a melhoria da qualidade dos serviços públicos”, disse, ao comentar que a sociedade está na era digital, mas o Estado ainda é, muitas vezes, “analógico”.