O empresário José Carlos Gomes Carvalho desistiu de ser candidato à reeleição para presidente da Fiep (Federação das Indústrias do Paraná), entidade que ele comanda há oito anos. Embora Carvalhinho não tenha divulgado nenhuma nota oficial confirmando a informação, a desistência da sua candidatura é tida como certa nos meios empresariais. Segundo apurou O Estado, o empresário comunicou a retirada da candidatura ao governador Roberto Requião (PMDB), anteontem.

A Assessoria de Imprensa de Carvalhinho informou que ele esteve em Brasília nos dois últimos dias e retornaria no final da tarde de ontem a Curitiba. Até o fechamento desta edição, o empresário não foi localizado para se pronunciar sobre o seu afastamento da disputa. As eleições acontecem no final de setembro. Mas comentou-se ontem que, caso haja apenas um candidato, a escolha do novo presidente da Fiep pode ser antecipada para 4 de agosto.

Adversário

Se o atual presidente da Fiep tivesse mantido a candidatura, a entidade iria enfrentar um processo de disputa pela primeira vez nos últimos anos, já que nas duas últimas vezes Carvalhinho foi eleito para o cargo por consenso. A decisão do empresário de desistir da disputa fortalece a candidatura do presidente da Nutrimental Indústria e Comércio de Alimentos, Rodrigo da Rocha Loures. Por enquanto, ele é o único candidato nas eleições.

Na quarta-feira da semana passada (dia 14), Loures disse que a criação de empregos e o apoio às pequenas e médias empresas são algumas das suas principais propostas de campanha. Loures também disse que pretende incentivar a transparência financeira do Sistema Fiep, com auditorias independentes.