O deputado Fernando Capez (PMDB) pediu nesta quarta-feira, 19, vista do parecer que recomenda a perda do mandato do vice-governador Guilherme Afif Domingos. Com isso, a Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP) adiou a decisão.

Afif acumulou cargos públicos quando foi nomeado, em maio, ministro da Micro e Pequena Empresa do governo de Dilma Rousseff.

O relator do pedido em votação na CCJ é deputado Cauê Macris (PSDB). No documento encaminhado na semana passada para a análise da comissão, o tucano afirmou ter “em tese, eventual violação de dispositivos constitucionais hábil a ensejar a perda de mandato de vice-governador”.

Macris sugere que a CCJ, caso acolha a suposição, dê um prazo de 5 sessões ordinárias para que o vice-governador apresente sua defesa.