A vice-governadora Cida Borghetti (PP) admitiu publicamente, em nota distribuída nesta segunda-feira (7) à imprensa pelo seu partido, que quer disputar o governo do Paraná em 2018. Cida se junta a outros dois políticos que anunciaram a pretensão de disputar o Palácio Iguaçu desde o segundo turno das eleições municipais: o ex-senador Osmar Dias (PDT) e o deputado licenciado e secretário estadual do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Jr. (PSD).

O anúncio de Cida de concorrer ao Palácio Iguaçu ocorre logo após a divulgação de levantamento de intenções de voto, feito pelo Instituto Paraná Pesquisas a pedido da Gazeta do Povo, sobre a sucessão estadual. A pesquisa mostra que a vice-governadora teria hoje entre 4% e 7% e estaria em quarto ou terceiro lugar, dependendo dos concorrentes.

“Quero agradecer à população paranaense a lembrança e o carinho do meu nome”, disse Cida na nota do PP. O texto do PP informa ainda que Cida deverá disputar a eleição no cargo de governadora, pois o governador Beto Richa (PSDB) tende a desincompatibilizar do cargo para disputar o Senado. “Sendo assim serei a primeira mulher da história do Paraná a assumir de fato a cadeira de governadora em abril de 2018. Reafirmo, portanto, o meu compromisso com a população paranaense em disputar o governo do estado”, diz Cida na nota. A vice-governadora é mulher do ministro da Saúde, Ricardo Barros, e mãe da ex-candidata à prefeitura de Curitiba Maria Victoria.

O lançamento da pré-candidatura de Cida Borghetti ao governo do Paraná abre uma clara divisão na base de Richa – que já tinha Ratinho Jr. como concorrente anunciado. Apesar desses dois nomes, uma ala dos aliados do governador sonha em ver Osmar como candidato do grupo. Eles avaliam que uma chapa com o pedetista concorrente ao governo e Richa ao Senado seria imbatível. Na pesquisa, Osmar aparece em primeiro nos dois cenários em que seu nome foi colocado, com 28% e 38% das intenções de voto.

Metodologia

O levantamento do Instituto Paraná pesquisa ouviu 1.418 eleitores entre os dias 1.º e 3 novembro, em 68 cidades do Paraná. O grau de confiança da pesquisa é de 95,5% e a margem de erro, de 2,5% para mais ou para menos.