Em entrevista concedida nesta quinta-feira (10) ao Paraná TV 1ª Edição, da RPCTV, o prefeito Gustavo Fruet disse que o código-fonte do sistema de bilhetagem eletrônica de Curitiba e Região Metropolitana passará para as mãos da prefeitura.

Fruet disse que foi firmado um acordo entre a prefeitura, o Instituto Curitiba Informática (ICI), que foi contratado pela Urbs para desenvolver o sistema e a Dataprom, empresa subcontratada pelo ICI, após a prefeitura entrar com uma ação judicial contra a Datapron para obter o código fonte.

Segundo o prefeito, após a Dataprom ser acionada judicialmente, houve um acordo entre as partes e, nas próximas semanas, a empresa entregará o código-fonte à prefeitura sem nenhum custo ao município. “Esse programa foi desenvolvido para Curitiba. Não tem sentido não ter acesso a esse sistema”, disse Fruet.

Fruet afirmou ainda que, após o recebimento do código-fonte, a prefeitura decidirá se fará ela própria a manutenção do código-fonte ou se abrirá um edital para transferir este serviço para uma empresa terceirizada.

O advogado da Dataprom Marcelo Ribeiro Paste disse que a empresa ratifica a declaração do prefeito de Curitiba de que o código-fonte será entregue ao município, mas que não houve uma determinação da Justiça para que isto ocorresse. “O código-fonte é nosso (Dataprom) e num acordo amigável decidimos repassá-lo à prefeitura”, finalizou o advogado.