O incêndio na Fábrica de Compensados Rossoni, em Bituruna, de propriedade do deputado Valdir Rossoni (PSDB), presidente da CPI do Porto na Assembléia Legislativa, acabou adiando as duas reuniões da comissão previstas para esta semana. Mas o deputado deve retornar hoje a Curitiba e, com os membros da comissão, definir novas datas para a semana que vem.

A CPI já aprovou uma longa lista de convocações, que inclui o proprietário da CG Construtora, Alberto Maurício Xavier, o ex-procurador da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina – Appa – Alaor Reis, o atual procurador Mauro Maranhão, o presidente da Ocepar, João Paulo Koslowski; o presidente da Faep, Ágide Meneguetti; o vice-presidente executivo da Comissão de Portos da Ação Empresarial, Willian Mantelli; o presidente da Associação Bras. dos Terminais de Containers, Sérgio Salomão; o presidente da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Paranaguá – Aciap Adriano Vidal, o chefe do Terminal de Containers, Mauro Marden, e José Carlos Domanski.

Xavier deveria ser ouvido na última terça-feira, se a reunião não tivesse sido cancelada. Segundo o relator da comissão, deputado Alexandre Curi (PMDB), é provável que ela necessite pedir nova prorrogação, avançando pelo ano que vem.