A Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga as irregularidades relacionadas ao Paranacidade recebeu esta semana três pessoas para depor. Um dos depoimentos mais importantes foi da arquiteta Sandra Pinho Pinheiro, ex-membro do Conselho do Paranacidade, e, em seguida, Arthur Claudino dos Santos, atual presidente do conselho.

Os dois foram questionados sobre o funcionamento e a participação do conselho perante as decisões que, segundo o deputado Jocelito Canto, tinha um papel mais figurativo, porque apenas aprovava ações já realizadas.

Sandra disse que os assuntos tratados nas reuniões do conselho eram bastante óbvios e as votações eram feitas mediante um consenso sempre unânime entre os integrantes.