Foto: Aliocha Maurício

Sebastiani: negociação.

A Prefeitura Municipal de Curitiba oficializou a decisão de contratar um novo banco para o pagamento do salário dos servidores municipais, aposentados e pensionistas. Com o contrato com o Banco Itaú vencendo no segundo semestre deste ano, o município publicou, quinta-feira, em seu Diário Oficial, o aviso de concorrência pública para a contratação de um novo banco. O pregão está marcado para o dia 30 de julho.

O processo licitatório funcionará no sistema de leilão, em que a proposta mais vantajosa para a Prefeitura ganhará a concorrência e será o responsável pelas contas dos 35 mil servidores que recebem da Prefeitura pelos próximos cinco anos. Quando assumiu as contas, em 2001, o Itaú, que já havia comprado o Banestado, pagou cerca de R$ 6 milhões para vencer a licitação.

?Estamos trabalhando no resultado de apresentação de propostas. A nossa perspectiva é conseguir um bom valor para os cofres públicos?, disse o secretário de Finanças do município, Luiz Eduardo Sebastiani, ao anunciar a licitação, em março. Para o secretário mais de 10 bancos têm condições de cumprir as exigências da Prefeitura e participar do processo. O Itaú atual contratado, também pode fazer sua oferta.

Os pagamentos da Prefeitura Municipal de Curitiba representam, hoje, uma movimentação de cerca de R$ 64 milhões mensais, ou R$ 832 milhões por ano, considerando o 13.º salário.