O governo publicou nesta sexta no Diário Oficial da União decreto que nomeia os sete integrantes da Comissão da Verdade, que pretende esclarecer os casos de tortura, mortes e desaparecimentos forçados no País no período de 1946 e 1988.

Foram nomeados o ex-ministro da Justiça, José Carlos Dias; o ministro do Superior Tribunal de Justiça, Gilson Dipp; a ex-advogada da presidente Dilma, Rosa Maria Cardoso da Costa; o ex-procurador-geral, Cláudio Fonteles; o ex-secretário de Direitos Humanos do Ministério da Justiça, Paulo Sérgio Pinheiro; a psicanalista Maria Rita Kehl e o advogado e jurista José Paulo Cavalcanti Filho.

A comissão será instalada na próxima Quarta-feira (16), e deve contar com a presença dos ex-presidentes José Sarney, Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva.