O advogado José Carlos Dias, que defende a ex-presidente do Banco Rural Kátia Rabelo no processo do mensalão, entregou nesta segunda-feira, 18, na Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, pedido para que sua cliente seja removida para Belo Horizonte (MG). Condenada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a quase 17 anos de reclusão pelos crimes de formação de quadrilha, gestão fraudulenta, lavagem de dinheiro e evasão de divisas, Kátia está presa desde o fim de semana na Superintendência da Polícia Federal em Brasília.

“Pela lei a pessoa deve cumprir a pena no local do domicílio. Tenho convicção de que o juiz determinará a remoção dela para Belo Horizonte”, disse o advogado. Para ele, a determinação do presidente do STF, Joaquim Barbosa, de trazer para Brasília todos os condenados presos pelo processo mensalão “foi um abuso, um ato de violência”.