O deputado federal Rocha Loures, integrante da Frente em Defesa do Piso Nacional dos Professores, disse que o argumento dos cinco governadores que entraram com a Ação Direta de Inconstitucionalidade da lei federal que fixa o valor de R$ 950 como o menor salário para a categoria é nulo. Os governadores, entre eles o do Paraná, alegam que não há recursos para implantar e ampliar as horas-atividade dos professores.