Matéria publicada pelo jornal Folha de São Paulo afirma que o vice-presidente da Câmara, deputado André Vargas (PT/PR), pegou emprestado um avião do doleiro Alberto Yousseff.

Yousseff foi preso no começo de março na operação Lava Jato da Polícia Federal. Suspeita-se que o doleiro tenha movimentado cerca de R$ 10 bilhões.

O avião emprestado serviu para uma viagem a João Pessoa, que foi combinada entre os dois em mensagens de texto. “Tudo certo para amanhã. Boa viagem e boas férias”, escreveu o doleiro segundo o jornal.

O outro lado

Vargas afirmou que pegou o avião já que as passagens comerciais estavam muito caras. Segundo o deputado, o valor do combustível da aeronave também foi pago. Vargas disse ainda que não sabia que a aeronave era do doleiro.