Cinco deputados federais, entre eles, o paranaense Evandro Rogério Roman (PSB-PR), estão sentindo na pele o que é estar na hora errada e no lugar errado. Roman e os deputados Cabuçu Borges (PMDB-AP), Fábio Mitidieri (PSD-SE), Roberto Góes (PDT-AP), Professora Dorinha Seabra (DEM-TO) César Halum (PRB-Tocantins), estão em Istambul, na Turquia, justamente quanto a capital do país vive o conflito de uma tentativa de golpe militar. Tanques de guerra estão nas ruas, aviões caças, aeroportos e pontes estão com o acesso bloqueado.

O grupo de parlamentares foi à Turquia representando a Comissão de Esportes da Câmara dos Deputados para fazer uma análise da evolução do desporto escolar no Brasil e avaliar a participação da delegação brasileira que participa da 16ª Gymnasiade, os Jogos Escolares Mundiais, realizados entre os dias 11 e 18 deste mês na cidade de Trabzon. O retorno da comitiva ao Brasil estava previsto para este sábado (16/7), mas os confrontos desta sexta-feira obrigaram os deputados a se manterem no hotel.

Em nota publicada por sua assessoria de imprensa, o deputado Evandro Rogério Roman informou que “o parlamentar está bem e em segurança, retido em um hotel em Istambul”, que os deputados estão sob tutela da Embaixada Brasileira na Turquia, com o embaixador Paulo França devem permanecer no hotel e aguardar orientações.

Em relação aos atletas brasileiros que participam dos Jogos Mundiais Escolares, segue a nota, a delegação se encontra na cidade de Trabzon, localizada a 900 km de Istambul. Segundo informações da Confederação Brasileira de Desporto Escolar, não há manifestações na cidade e os atletas estão em local seguro.

A Gymnasiade reúne mais de 2500 atletas, representando 40 países, na disputa por medalhas em 10 modalidades esportivas. O Brasil participa da competição com uma delegação de mais de 240 integrantes, entre atletas, técnicos, delegados e dirigentes.