Os dois integrantes da CPI da Petrobras que se tornaram alvo de investigação por suposto envolvimento no esquema de corrupção na estatal não compareceram à sessão desta terça-feira, 10. O titular Lázaro Botelho (PP-TO) e o suplente Sandes Júnior (PP-GO) não tiveram presença registrada.

O PSDB decidiu acionar a Corregedoria da Câmara dos Deputados para bloquear a presença de parlamentares que estão na lista do procurador Rodrigo Janot na CPI da Petrobras. “Se o líder do partido não toma essa decisão (de substituir os nomes), cabe a nós representar junto à Corregedoria”, disse o líder do PSDB, Carlos Sampaio, durante a sessão da CPI. PSOL e DEM também defenderam a saída da dupla.