Foi instalada ontem na Assembléia Legislativa a Comissão Especial de Investigação do Eixo Metropolitano. Criada por iniciativa do deputado Neivo Beraldin, indicado para presidi-la, a comissão vai investigar, no prazo de 120 dias, eventuais irregularidades que estariam ocorrendo no projeto desenvolvido pela Prefeitura de Curitiba

A primeira sessão pública foi marcada para quinta-feira (3), às 9h30, no plenarinho da Casa, quando foram convocados para prestar esclarecimentos, na qualidade de colaboradores, o engenheiro Vito Celso Mussi, do Dnit (Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes); Luiz Hayakawa, presidente do Ippuc; Nelson Leal, atual secretário de Obras do município, além de representantes do Crea e outras entidades do setor. Também foi convidado o professor titular de Engenharia da Universidade Federal do Paraná, Eduardo Ratton, para auxiliar na elaboração das perguntas.

Beraldin adiantou que vai requisitar equipe de técnicos especializados do Tribunal de Contas e solicitar a presença de representante do Ministério Público nas sessões. Além do pedetista, a comissão é integrada pelos deputados Rafael Greca (PMDB), Luiz Accorsi (PSDB), Mário Bradock (PMDB), Fernando Ribas Carli (PP), Plauto Miró (PFL), Marcos Isfer (PPS) e Tadeu Veneri (PT).