O Tribunal de Contas determinou que o ex-presidente da Câmara Municipal de Curitiba João Claudio Derosso (ex-PSDB) terá que devolver 236 mil reais aos cofres do legislativo. Ele foi responsabilizado por irregularidades nos gastos com publicidade e divulgação nos anos de 2006 a 2011, período em que dirigiu o legislativo.

Além do ressarcimento, o TC aplicou multas que somam aproximadamente R$ 146 mil. Com esta decisão, a devolução de recursos pelos ex-gestores do Legislativo de Curitiba e empresários contratados já soma R$ 1.107.618,26. Mas o valor se refere ao julgamento de apenas dois primeiros processos, de um total de 58 de tomada de contas instaurados pelo TCE em relação aos gastos com publicidade da Câmara no período.

As tomadas de contas foram abertas a partir de auditoria realizada nos contratos de publicidade e divulgação assinados, em 2006, entre o Legislativo da capital e as agências Visão Publicidade e Oficina da Notícia. Os contratos vigoraram de 2006 a 2011 e resultaram no desembolso de R$ 34 milhões no período.

Paraná Online no Facebook