Os ex-presidentes do PT José Dirceu e José Genoino, presos desde sexta-feira (15) na sede da superintendência da Polícia Federal em São Paulo, na Lapa, zona oeste, deixarão as dependências da PF às 10h30 em direção ao Aeroporto de Congonhas, onde embarcarão para Brasília.

Lá, se apresentarão ao juiz da Vara de Execução Penal, que estabelecerá a jurisdição do cumprimento da pena e o regime. Ambos estão condenados ao regime semi-aberto – Dirceu ainda pode ser condenado ao regime fechado.

Genoino e Dirceu viajarão num avião da Polícia Federal.