O presidente do diretório de Curitiba do PMDB, Doático Santos, vai reunir partidários na próxima quinta-feira (17), para informar sobre a sua decisão de protocolar o pedido de expulsão do deputado estadual Stephanes Junior.

“Vou informar a iniciativa de proteger o partido das agressões de Stephanes Jr. Até a reunião prefiro não me pronunciar. Como condição do membro do diretório estadual e como eu já tomei esta decisão, quero informar ao partido”, comenta. A reunião acontece no Hotel Curitiba, no centro da cidade, às 19h30. O pedido deve ser protocolado na próxima segunda-feira (21).

Procurado pela reportagem para comentar o assunto, Stephanes Junior disse que a atitude de Santos é “ridícula” e que não tem qualquer base legal. “Esta pessoa deve estar desesperada porque o diretório estadual decidiu intervir no diretório municipal. Legalmente não tem qualquer justificativa (o pedido de expulsão). Ele é um moleque insignificante achando que tem poder”, afirma o deputado estadual.

Stephanes Junior considera que a movimentação de Doático Santos “só mostra que estou certo de que ele não pode estar na direção do partido”. No final do mês passado, o deputado estadual se mostrou favorável à dissolução do diretório municipal do PMDB.