Dois funcionários foram exonerados ontem na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). Eles tinham sido contratados pelos gabinetes dos deputados Reinholds Stephanes Jr (PMDB) e Gilberto Ribeiro (PSB).

As exonerações ocorreram após denúncia do Jornal Gazeta do Povo, do Grupo RPC, que apontou irregularidades na contratação dos funcionários. Procurada, a assessoria da Alep informou por telefone que cada deputado é responsável pelas contratações em seu gabinete.

Segundo a assessoria, o presidente da Casa Valdir Rossoni chamou a atenção dos parlamentares e cobrou responsabilidade pelas contratações. De acordo com a assessoria, o presidente da Alep não tinha conhecimento das irregularidades.