Ainda não é oficial, mas a eleição do PT em Pernambuco deve ir para o segundo turno porque nenhum dos candidatos teria conseguido 50% dos votos. Extraoficialmente, Bruno Ribeiro (Construindo um Novo Brasil) teria conseguido 9.912 votos, seguido da deputada estadual Teresa Leitão (Coletivo PT Militante) com 9.821 votos. O terceiro candidato, Edmilson Menezes (O Trabalho) teria ficado com 240 votos.

Apesar do acirramento entre os candidatos e o clima de tensão no período anterior à eleição, o pleito transcorreu sem incidentes. O advogado Bruno Ribeiro tem o apoio do senador Humberto Costa e do deputado federal João Paulo, e a deputada estadual Teresa Leitão é ligada ao ex-prefeito do Recife João da Costa.

Caso se confirme o segundo turno, a nova eleição ocorrerá no dia 24.