O primeiro dia de trabalho das seis sessões extraordinárias marcadas pela Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) foi de votações em sessões “relâmpago”.

Os deputados deveriam estar em recesso das sessões plenárias, mas, como a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) não foi votada durante o período previsto no regimento interno, as atividades seguem na Casa ­um pouco mais rápidas do que o normal. Ontem foram realizadas três sessões consecutivas que, juntas, duraram uma hora e 17 minutos, com 42 deputados presentes.

A primeira sessão não teve pautas. Na segunda, os deputados aprovaram em primeira votação o projeto de lei enviado pelo Poder Executivo que cria 43 cargos em comissão no Teatro Guaíra, extinguindo outros 81. Outro projeto discutido pelos deputados também foi enviado pelo Poder Executivo e promove alteração na lei dos fundos estaduais.