Foto: Lucimar do Carmo

Orestes Quércia: proprietário.

A empresa paulista Panorama Diário Comercial e Publicidade Ltda; que edita o jornal Diário Comércio e Indústria (DCI), de São Paulo, venceu o leilão (em forma de pregão eletrônico) realizado quinta-feira para veicular a publicidade legal nacional do governo do Paraná. A Panorama ofereceu R$ 58 por centímetro de coluna, 27,5% abaixo do preço máximo estabelecido pelo edital – R$ 80 por centímetro de coluna.

A empresa, que tem como um dos proprietários o presidente do PMDB de São Paulo, Orestes Quércia, foi a única participante da licitação, apesar de 17 empresas terem consultado o edital. O edital exigia que as empresas participantes publicassem jornais de circulação nacional com tiragem mínima de 40 mil exemplares diários. Agora, a Panorama tem prazo legal de dois dias úteis para apresentar as certidões negativas necessárias. Em seguida, o resultado será homologado pelo governador Roberto Requião (PMDB), para que o contrato – com validade de 12 meses – seja assinado. A partir do contrato, sempre que o Estado quiser divulgar avisos ou editais o fará através do DCI.

?Até agora, os preços eram negociados segundo a demanda de cada órgão interessado, e chegavam a até R$ 140 por centímetro de coluna. A economia para o Estado será significativa?, comentou o secretário de comunicação, Airton Pisseti.

No dia 27, jornais de circulação estadual disputam pregão eletrônico que definirá qual irá veicular a publicidade legal regional do governo do Paraná. Para isso, mesmo que agrupadas em consórcios, as empresas terão de comprovar abrangência em todas as regiões do estado. ?As empresas irão disputar o pregão divididas em grupos de oito. Esperamos que este pregão seja tão ou mais bem-sucedido que o desta quinta-feira?, disse Pisseti.