O ministro dos Portos, Edinho Araújo, esteve reunido na manhã desta terça-feira, 17, com a ministra da Agricultura, Kátia Abreu, para tratar do programa de escoamento de safra. Araújo disse ao Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado, que não há registros de problemas e que o escoamento é um “sucesso”. Segundo ele, 97% dos caminhões que chegam aos portos estão agendados e a ocupação dos pátios tem variado entre 50% e 60%. O ministro garantiu, ainda, que o tempo de espera das cargas também foi reduzido.

“Em 2013, o tempo de espera era de 2 a 3 dias. Agora, caiu para 8 a 9 horas. Reduzimos o tempo de espera desses caminhões”, disse. “Portanto, estamos economizando tempo, é um escoamento que está fluindo, fora problemas momentâneos, como greve e acidente”, explicou.

Araújo observou também que o andamento dos portos é acompanhado online e que o programa “Porto sem papel” tem funcionado adequadamente. “Está em pleno vigor, funcionando em todos os portos públicos. Estamos, agora, implantando nos privados”, disse. “Tempo é dinheiro e é competitividade que estamos buscando”, afirmou.