O Itamaraty acaba de divulgar nota informando que “o ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo Machado, convocou hoje (segunda-feira, 07) o embaixador do Canadá em Brasília para transmitir a indignação do governo brasileiro e requerer explicações sobre a notícia de que as comunicações eletrônicas e telefônicas do Ministério de Minas e Energia e de alto funcionário do Ministério das Relações Exteriores estariam sendo objeto de espionagem por órgão de inteligência canadense”.

A nota cita que durante o encontro, “o chanceler brasileiro manifestou ao embaixador canadense o repúdio do governo a essa grave e inaceitável violação da soberania nacional e dos direitos de pessoas e de empresas”.