Engolfado pelo furacão político, o senador afastado do PSDB Aécio Neves uma série de protestos em seu domicílio eleitoral. As manifestações vão desde de singelas iniciativas, como a colocação de uma placa na estátua do patriarca Tancredo Neves, declarando-se com vergonha da família, até protestos mais veementes em frente ao solar da família Neves.

Na estátua do político histórico, na cidade de São João del-Rei, onde existe um memorial e homenagem à sua figura, apareceu uma placa com os seguintes dizeres: “Que vergonha dos meus netinhos! Que vergonha”.

Andrea Neves, irmã do senador Aécio Neves (PSDB/MG), foi presa pela Polícia Federal. Ela foi flagrada em um grampo da PF cobrando R$ 2 milhões de propina ao empresário Joesley Batista, dono da JBS. Já Frederico Pacheco de Medeiros, primo de Andrea e Aécio é acusado de ser o receptor da propina cobrada pelo parlamentar mineiro.

Na noite de quinta (18), moradores do município onde nasceu Tancredo se reuniram no Largo do Rosário, em frente ao Solar dos Neves, casarão da família Neves, para pedir a prisão de Aécio Neves. Um boneco foi queimado simbolizando a figura do senador. A renúncia de Temer também foi cobrada.

Veja os vídeos: