Uma sessão da Câmara de Vereadores de Curitiba com o presidente da Urbs, Marcos Isfer, teve que ser paralisada na tarde desta terça-feira (3), segundo informações da rádio Band News FM.

Isfer foi esclarecer aos vereadores os cálculos que levaram ao reajuste da tarifa do transporte público de Curitiba de R$ 1,90 para R$ 2,20, além de comentar sobre o funcionamento do sistema e o acidente, com um ligeirinho, que vitimou uma passageira em janeiro.

Estudantes que acompanhavam as declarações começaram a colar cartazes com frases pedindo o passe livre no parapeito do plenário. O presidente da Casa, vereador João Claudio Derosso (PSDB), chamou a atenção dos estudantes, paralisou a sessão e foi conversar com eles.

O que se seguiu foi um bate-boca entre os estudantes e o vereador. Os jovens reclamaram que foram agredidos pelos seguranças da Casa. A sessão ficou suspensa por mais de 10 minutos, mas depois foi retomada e Isfer continuou sua explanação.

Mais informações na edição desta quarta-feira do jornal O Estado do Paraná.