O ex-prefeito de Dourados (MS) Ari Artuzi foi internado na noite desta terça-feira, 1, no Hospital Evangélico, na cidade em que exerceu seu mandato, após dores abdominais. A suspeita era de que o político sofria de apendicite, mas após exame constatou-se um tumor colorretal.

Ari Artuzi foi submetido a uma colectomia, procedimento para retirada do intestino grosso, de acordo com o hospital. Artuzi permanece internado na Unidade de Tratamento Intensivo e está consciente. Seu estado de saúde é estável.

Artuzi ficou conhecido em 2010 após ser acusado pela Polícia Federal de corrupção durante seu mandato, em um esquema chamado “farra das propinas”. Ele renunciou aos seus cargo como prefeito de Dourados após permanecer por três meses preso.