O ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, disse esta tarde que o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), apresentou um projeto ao governo no valor de R$ 600 milhões para obras de recuperação das áreas atingidas pelas fortes chuvas no Rio de Janeiro e também para obras de prevenção de novos acidentes. O ministro disse, no entanto, que o governo não poderá liberar esses recursos por medida provisória, o que representaria a disponibilização imediata do dinheiro, e informou que na próxima segunda-feira se reunirá mais uma vez com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para discutir a situação do Rio. Geddel informou que ainda será discutida a possibilidade de editar uma nova medida provisória para atender outras regiões do País atingidas pelas chuvas.

Segundo o ministro, para atender a demanda de Cabral será preciso remanejar dinheiro do orçamento de 2010. Geddel confirmou a liberação de R$ 130 milhões para atender ao Rio de Janeiro. Desses, R$ 80 milhões serão destinados para recuperação das áreas atingidas em Angra dos Reis e R$ 50 milhões serão para recuperação de encostas na Baixada Fluminense.

O governador Sérgio Cabral ainda está reunido com o presidente Lula, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). Cabral seguirá com o presidente para o lançamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Copa, quando serão anunciados recursos para as cidades que serão sede da Copa do Mundo de Futebol de 2014.