O deputado federal Fernando Giacobo (PPS) se reuniu na última semana com o Ministro do Esporte e Turismo, Walfrido Mares Guia, para solicitar atenção especial ao turismo em Foz do Iguaçu. Na oportunidade o representante de Foz e região no Congresso Nacional expôs os problemas registrados na cidade em conseqüência da falta de investimentos no setor.

“Foz é o terceiro parque hoteleiro do País. A cidade recebia aproximadamente 1 milhão de turistas por ano, hoje esse número caiu para 600 mil. A ocupação nos hotéis, que era de quatro a cinco dias, atualmente é de no máximo dois”, salientou o deputado, lembrando ainda que cada U$ 7 mil gastos no município representam a geração de um emprego direto na cidade.

O ministro, por sua vez, garantiu que o governo deverá viabilizar recursos para atender a região através do Prodetur Sul (Programa de Desenvolvimento do Turismo na Região Sul). O projeto prevê investimentos de U$ 400 milhões, com recursos do BID-Banco Interamericano de Desenvolvimento e o restante como contrapartida da União e dos Estados. Do total estão previstos U$ 120 milhões para o Paraná, U$ 120 milhões para o Rio Grande do Sul, U$ 120 milhões para Santa Catarina, e U$ 40 milhões para Mato Grosso do Sul.

De acordo com Mares Guia, o programa visa aumentar o fluxo, a taxa de permanência e o gasto de turistas, reforçando o potencial turístico através da priorização de ações que mantenham e expandam sua crescente indústria, contribuindo para o desenvolvimento sócio-econômico regional, com impacto positivo na geração de emprego e renda.

O ministro disse ainda que a verba prevista para o Paraná deverá ser destinada à construção de rodovias, terminais turísticos, revitalização de parques e saneamento nos municípios paranaenses.

Durante a reunião, que contou com a presença do ex-deputado federal e atual diretor administrativo da Itaipu Binacional, Rubens Bueno.