Giovani Gionédis (PSC/PST), candidato do Movimento Social Cristão ao governo do Paraná, pretende manter o tom limpo da sua campanha no horário eleitoral gratuito. Ele não teme os ataques pessoais que possam acontecer neste final de campanha. “Não tenho nada a temer. Só quero saber o que pode dar certo.

Não fiz acordo branco e nem preto; não tenho conta na Suíça e nem fiz remessas ilegais de dólares para o exterior. Diferentemente da maioria, não tenho rabo preso e nem fiz concessões para disputar o cargo. Minha vida é limpa e minhas declarações de renda são transparentes e claras”, explicou Gionédis, que continua em campanha pelo Sudoeste.