Em meio a toda a crise do transporte coletivo, o governador do Paraná, Beto Richa, ficará dez dias em licença de suas funções a partir desta quinta-feira (27). Em comunicado enviado à Assembleia Legislativa na quarta (26), Richa fará uma viagem particular ao exterior.

Flávio Arns, vice-governador e secretário de Educação, assumirá o estado durante a viagem de Beto Richa, que deve retornar ao cargo em 7 de março. O destino do governador não foi divulgado.