Foto: Valquir Aureliano

Artagão: vistoria.

O governo do Estado fará uma licitação para a compra de 60 mil Pen Drives (dispositivo que armazena imagens e sons e que é conectado a um computador) para os vinte e dois mil aparelhos de televisão adquiridos pela Secretaria da Educação para instalação nas escolas estaduais. A informação é da diretora de tecnologia educacional da Secretaria da Educação, Elizabeth Santos, que foi ontem à Assembléia Legislativa mostrar aos deputados de oposição como as televisões poderão ser usadas pelos professores da rede pública estadual.

 A Secretaria de Educação enviou um aparelho ao plenário e a diretora esteve à disposição dos deputados para responder aos inúmeros questionamentos já feitos sobre a licitação dos aparelhos de televisão. Primeiro, a bancada de oposição questionou o preço de cada uma das unidades, adquiridas da empresa Indústria de Móveis Cequipel Paraná Ltda por R$860. Os deputados alegaram que as televisões poderiam ser encontradas nas lojas da cidade por um valor inferior. Na resposta, o governo informou que o diferencial dos aparelhos eram as entradas para pen drive e cartão de memória, que também pode armazenar conteúdo didático.

Na semana passada, o líder da oposição, Valdir Rossoni (PSDB), disse que o primeiro lote de televisões foram entregues sem a entrada USB, que serviria para a conexão do Pen Drive. A diretora de tecnologia disse que todos os aparelhos recebidos pela Secretaria já vem equipados de fábrica com as entradas e que não há como acrescentar o dispositivo posteriormente. Ela informou que o governo já pagou R$8,4 milhões à empresa, que já remeteu à secretaria 9.790 aparelhos, armazenados num barracão do Parque Milton Freire Maia, em Quatro Barras. A Secretaria já distribuiu duzentos aparelhos para as escolas. Em algumas delas, os professores já estão sendo treinados para operar o equipamento.

O presidente da Comissão de Fiscalização da Assembléia Legislativa, Artagão de Mattos Leão Junior, conduziu um grupo de deputados ao parque para vistoriar as televisões. Apenas Edson Praczyk (PRB) e Jocelito Canto (PTB) aceitaram o convite. ?Os demais perderam o interesse, depois das explicações?, disse Artagão Junior.

Por enquanto, não está estipulado o valor da licitação para os dispositivos Pen Drive. A diretora de tecnologia explicou que cada um dos 55 mil professores do Estado receberá um Pen Drive para usar em sala de aula.